31 de dezembro de 2009

Feliz Ano Novo

Já não vim a tempo de desejar Feliz Natal por isso fico-me pelo Feliz Ano Novo! 2009 foi sem dúvida um ano de mudanças; não que tenham sido mudanças radicais, não. Foram lentas e constantes, daquelas que ficam para sempre.
A todos os que por aqui vão passando desejo um excelente 2010 com aquilo que mais vos der jeito: a uns saúde, a outros dinheiro, a outros umas horas extra...

5 de dezembro de 2009

Como fazer botinhas para bébé em tricot

Este modelo muito simples, permite fazer umas botinhas com apenas 2 agulhas de tricot. É uma alternativa muito simpática às botinhas tricotadas em 5 agulhas que assustam tanta gente.
Esta receita base pode ser trabalhada de muitas formas: às riscas, com um desenho no topo do pé, com um pompom no calcanhar... tanta coisa!
O melhor de tudo é que são tão rápidas de tricotar que dá para fazer um par enquanto o bébé dorme a sesta da tarde!

Então é assim:
Eu usei um restinho de lã que aqui tinha. Um novelo de 50gr deve dar para fazer 2 ou 3 pares deste modelo. Usei agulhas 4,5mm porque a minha lã é grossinha. Podem usar qualquer lã e qualquer número de agulha. É só ajustarem ao tamanho que pretendem.
Montar 30 malhas
Carreira 1: (e todas as carreiras do avesso) tricotar em liga.
Carreira 2: 2 malhas em meia, 1 malha de aumento, 12 malhas em meia, 1 malha de aumento, 2 malhas em meia, 1 malha de aumento, 12 malhas em meia, 1 malha de aumento, 2 malhas em meia (ficamos com 34 malhas na agulha)
Carreira 4: 2 malhas em meia, 1 malha de aumento, 14 malhas em meia, 1 malha de aumento, 2 malhas em meia, 1 malha de aumento, 14 malhas em meia, 1 malha de aumento, 2 malhas em meia (ficamos com 38 malhas na agulha)
Carreira 6: 2 malhas em meia, 1 malha de aumento, 16 malhas em meia, 1 malha de aumento, 2 malhas em meia, 1 malha de aumento, 16 malhas em meia, 1 malha de aumento, 2 malhas em meia (ficamos com 42 malhas na agulha)
Carreiras 7, 9, 11 e 13: tricotar em liga
Carreiras 8, 10 e 12: tricotar em meia
Carreira 14: 14 malhas em meia, tricotar 2 malhas juntas em meia por 3 vezes, 2 malhas em meia, passar uma malha para a agulha direita sem tricotar, 1 malha em meia, passar a malha não tricotada por cima desta última que tricotamos, fazer isto 3 vezes, 14 malhas em meia (ficamos com 36 malhas na agulha)
Carreira 15: 21 malhas em liga, tricotar 2 malhas juntas em liga e virar o trabalho (como se fosse o final da carreira)
Carreira 16: 7 malhas em meia, passar 1 malha para a agulha direita sem tricotar, 1 malha em meia, passar a malha não tricotada por cima desta última que tricotamos e virar novamente o trabalho.
Carreira 17: 7 malhas em liga, tricotar 2 malhas juntas em liga e virar o trabalho.
Carreiras 18 e 19: repetir as carreiras 16 e 17
Carreira 20: 7 malhas em meia, passar uma malha para a agulha direita sem tricotar, 1 malha em meia, passar a malha não tricotada por cima desta última que tricotamos e virar o trabalho.
Carreira 21: 7 malhas em liga, tricotar 2 malhas juntas em liga, tricotar em liga até ao final da carreira.
Carreira 22: 17 malhas em meia, passar uma malha para a agulha direita sem tricotar, 1 malha em meia, passar a malha não tricotada por cima desta última que tricotamos, tricotar em meia até ao final da carreira. Devemos ter 28 malhas na agulha.
Carreiras: 23, 25, 27 e 29: tricotar em liga.
Carreiras 24, 26 e 28: tricotar em meia.
Carreira 30: rematar
Coser a botinha e está pronta! Agora é só tricotar o par e esperar que o bébé acorde.

4 de dezembro de 2009

Workshop de Tricot em Lisboa

É com muito prazer que irei fazer o segundo workshop de tricot na loja da Luísa Silva - Dotquilts em Lisboa.
No próximo Sábado dia 12 de Dezembro continuaremos a nossa aprendizagem de tricot. Iremos experimentar os vários tipos de aumentos, diminuições, laçadas e tudo aquilo que podemos fazer com estas técnicas.
Com este workshop já é possível tricotar um gorro, uma camisola com cós em picot, um xaile bordado e, para quem quiser avançar para o tricot circular, porque não experimentar umas botinhas para bébé? Aprendendo a técnica depois é só usá-la ao sabor da nossa imaginação e gosto!
O Natal está à porta, porque não tricotar uma prenda muito especial?
Inscrições / Informações:
R. Coronel Pereira da Silva, 2B
1300-147 Lisboa
Telefone: 21 362 71 73

3 de dezembro de 2009

Feira de Natal

Esta feira promete! Entre outras pessoas de grande talento vai ter a presença da Diane do blog Mama Xuxudi, pelo que é uma excelente oportunidade de vermos ao vivo todas as suas criações.
Eu vou!


2 de dezembro de 2009

Início de época...

Não é que me possa queixar.
Com 3 filhos, abrir a época das gripes e constipações ao dia 1 de Dezembro não me parece propriamente motivo para reclamações.
Tenho o comilão sem querer comer e a princesa da brincadeira a parecer a bela adormecida. Eu tento esgueirar-me por entre o meio de espirros, tosses e outras coisas que os acompanham... Não é fácil, pois quando se reparte a noite pelas camas de dois filhos doentes, o mais certo é mesmo acompanhá-los!
Melhor sorte (ou não, na perspectiva dela) teve a mais velha, ainda não lhe chegaram os achaques pelo que pode hoje ír a escola continuar a sua série de testes de final de período. "Não é justo!", diz ela. "Eles ficam em casa e eu tenho de ír, dá beijinho à mana, dá!"

27 de novembro de 2009

Como endireitar o cabo das agulhas circulares?

Quando as agulhas circulares ficam assim como estas
... é só colocá-las dentro de um recipiente com água quente (a minha estava mesmo a ferver),
e ficam logo direitinhas!Atenção: se o cabo plástico for muito fininho a água não deve estar muito quente, senão derretem.

18 de novembro de 2009

O meu canto

As fotos de hoje fazem-me lembrar uma tira da Mafalda, aquela em que o pai vai pé ante pé buscar a máquina fotográfica e quando regressa já a os filhos têm tudo muito arrumadinho... pois é... agora que já está tudo mais lindinho...
...
O post de hoje é a resposta à querida Virgínia do blog Amo-te Mil Milhões.
Depois de subir e descer as escadas algumas vezes, o meu cantinho voltou para o seu sítio habitual. Estende-se por 2 mesas de trabalho e às vezes pelo sofá, mesa da sala ou outro qualquer sítio que esteja à mão :)
Neste momento tenho muitas lãs em cima da mesa. Preparo o Inverno, o Natal e o workshop do próximo Sábado.Na outra mesa, os trabalhinhos de costura. Os blocos da Ana Luísa e da Suzete estão na forja.
E acho que chegou a hora da Batixa e da comadre Ana mostrarem o que andam a fazer! Pois é, pois é... ficamos à espera ;)
(mais fotos aqui)

16 de novembro de 2009

Workshop de Iniciação ao Tricot


No próximo Sábado, dia 21 de Novembro vou estar na Dotquilts para um workshop de tricot. Este será um workshop de iniciação com o seguinte programa:

Fios, composição, tipos de fio, agulha indicada para cada fio
Agulhas (tamanhos, tipos e materiais)
1 - Montagem de malhas
2 - Malha de Liga
3 - Malha de Meia
4 - Composições com malha de liga e meia
5 - Adicionar novo fio
6 - Rematar

Ainda há duas vagas. Quem estiver interessado é só contactar a
Luisa Silva - Dotquilts
R. Coronel Pereira da Silva, 2B
1300-147 Lisboa
Telefone: 21 362 71 73
dotquilts@gmail.com

15 de novembro de 2009

Como fazer meias em tricot /How to knit socks

A Zélia está a fazer um passo a passo de como fazer meias. É só espreitar aqui e ír seguindo as instruções. Eu estou a fazer as minhas, e tu?

Travelling Scarf

Da Zélia. E este é o meu contributo, canelado a duas cores e uns bonequinhos para animar! Este cachecol já passou pela Sara, pela Fernanda, pela Batixa e mais pessoas. Uma ideia a que eu vou aderir :)

9 de novembro de 2009

Do fim de semana

Este Sábado tive a casa cheia de amigas. Comemos, conversamos e tricotamos alguma coisa também. Ofereceram-me miminhos, obrigada Sara pelos paninhos lindos e Fernanda pelas lãs tão bonitas.
Obrigada André por mais estes vinhos tão bons e o saquinho tão bonito, eu é que agradeço!
Mas, o mais espantoso foi que essas minhas amigas conseguiram ensinar as minhas filhas a fazer tricot! Coisa que eu nunca tinha conseguido... incompatibilidades de mãe, por certo!
A Fernanda ensinou a minha filha C (de 6 anos) a tricotar à portuguesa (a da foto) e a Batixa ensinou a M (de 10 anos) a tricotar à inglesa, neste video aqui.

Este domingo foi passado de pijama, grande parte do tempo no sofá. Estivemos as três a tricotar! Dizia a M para C, "como é que consegues fazer com a linha ao pescoço?!" Agora tenho de ír comprar dois pares de agulhas de Bamboo como as da Batixa (as minhas são muito frias) e umas lãs mais giras (as minhas são muito feias) para elas tricotarem.
Muito obrigada Vânia, comadre Ana, Batixa, Sara, Fernanda e o seu incansável Rui que nos aturou o tempo todo!

3 de novembro de 2009

Que tempos estes...

Nunca fui pessoa de dar esmolas. Sou da geração em que os pedintes são invisiveis; as deformidades alheias foram uma constante no meu crescimento, por isso não as vejo, não me chocam e não me comovem. Todos os dias, no caminho para o trabalho passava pela Praça da Figueira para apanhar o metro e para quem é de Lisboa não são precisas mais explicações.
No entanto, já tenho dado dinheiro; não esmolas, mas dinheiro.
Aqui há dias vi num telejornal uma notícia em que entrevistavam uma mulher da minha idade, com três filhos, como eu e que, tal como eu, estava também desempregada. A diferença entre nós, era que o marido dessa tal mulher também tinha perdido o seu emprego e, ao contrário de mim, essa mulher não tem família que a possa amparar em caso de necessidade, como é o caso. Ficou-me na memória ela dizer que muitos dias não sabia como ía arranjar 2€ para comprar pão... Não posso deixar de pensar nisto. Esta mulher, tinha o seu emprego, tem a sua casa que, como a maioria de nós, paga mensalmente ao banco. Esta mulher teve os 3 filhos a pensar que a sua vida seria estável, provavelmente sem grandes luxos, mas estável, com dinheiro para continuar a pagar a casa, as contas da electricidade, da água, do gás, enfim. Mas não foi assim.

Hoje fui à cidade, a um dos seus grandes centros comerciais. Fui comprar algumas roupas para os meus filhos pois o tempo ameaça mudar e é preciso mais uma camisola, mais um par de meias ou uns chinelos de inverno.
Houve um homem, provavelmente da minha idade, mas com um ar muito mais velho, que me pediu dinheiro. Ouvi-o dizer que estava a pedir para ir comprar medicamentos para o filho. A minha primeira reacção foi nem sequer o ver, disse-lhe que não e continuei a andar. No entanto, lembrei-me da mulher das notícias, a tal da minha idade, e voltei atrás. Procurei-o e dei-lhe a única nota que trazia comigo que infelizmente era pequena.
Se acredito que era para comprar medicamentos? Não sei. Acredito que ele me pediu porque estava a precisar. Acredito sim que tenha filhos. Acredito que não tenha trabalho. Acredito que não tenha a quem pedir. Acredito que alguém tem de o ajudar.
Que tempos estes!

30 de outubro de 2009

Workshops de Tricot

É então com muita satisfação que anuncio aqui os esperados Workshops de Tricot. Vou estar duas tardes de Sábado na loja da Luísa Silva, Dotquilts, na Ajuda em Lisboa, com quem quiser vir aprender um pouco de tricot.
A primeira data destina-se a quem quer começar os primeiros passos no tricot e a segunda será para fazer um projecto já mais elaborado.
Conto com a vossa presença!
Mais informações e inscrições aqui.
Sábado 21 de Novembro das 14h às 18h - iniciação
Sábado 12 de Dezembro das 14 às 18h - nível 1
Dotquilts
R. Coronel Pereira da Silva, 2B
1300-147 Lisboa
Telefone: 21 362 71 73

22 de outubro de 2009

Jardinar

Não faço ideia se esta é a altura certa para o fazer... mas foi agora que fiz. Tudo para vasos maiores. Aproveitar a chuva para crescer.

alecrim


lúcia-lima

Estragão


semear malaguetas


gengibre germinado

17 de outubro de 2009

Máquina de tricotar


Alguém conhece alguém que saiba de alguém que queira vender uma máquina de tricotar?
Ou, conhecem quem venda destas máquinas novas?
Alguém tem algum tipo de conhecimento sobre esta matéria? Qual a melhor marca? Qual o melhor modelo?
Eu agradeço informações para o meu email sff.
Obrigada!

15 de outubro de 2009

Abriu a época do tricot!

Não que esteja frio, antes pelo contrário, mas Outubro é Outubro e não tarda nada é Natal!
O modelo deu a Zélia e a lã é vendida na Dot Quilts.

13 de outubro de 2009

Aqui vamos nós novamente

Siiiimmmmmmmm...
O i é o da pintinha, o o é o da bolinha, o n é igual ao m de maria mas tem menos uma perninha... o e é aquele igual ao f com menos uma perninha...
E porque é que tenho de fazer destas letras (manuscritas) e não daquelas que eu já sei (letra de imprensa)?
E tenho de copiar a linha toda até ao fim? Que seca!
E porque é que não posso ter prolongamento?
E quero um desinfectante!
...
Aproveita todos os bocadinhos para me perguntar como se escreve isto ou aquilo.
É assim o primeiro ano!

9 de outubro de 2009

O meu bébé


Já não usa fralda durante a noite, mas ainda mama. Até hoje só se esqueceu de o pedir duas vezes, uma delas esta semana :)
Chama-me mãmã Rosário e diz que sou linda e fofinha.
Dá-me muitos beijinhos e abraços.
Continua a preferir as brincadeiras da irmã que mais traquinices lhe faz.
Gosta de ír para a escola.
Continua a comer muito bem mas já ganhou algumas manias. Diz que não gosta de carne e peixe.
Adora batatas cozidas e puré.
Come vários iogurtes por dia.
Esta semana provou pela primeira vez sugos e disse que eram uma delícia.
Prefere os homens da família às mulheres (não há nada a fazer... é mesmo assim). Adora os avôs.
O meu bébé está a ficar "quescido"!
...
Pronto! Foi só para não me esquecer...

No melhor pano cai a nódoa...

e é tudo o que me apetece dizer por agora!
Bom fim de semana a todos.

8 de outubro de 2009

Duas semanas depois...


... o post anterior continua válido! Que ano este... eleições semana sim semana não.
Este ano e pela primeira vez, não vou votar para Lisboa. Este ano tenho uma cidade nova, com pessoas que eu ainda não conheço.
Amanhã repete-se a situação da última ida às urnas. A miúda do meio interrompe as aulas logo a seguir ao almoço para as retomar na segunda feira da parte da tarde. As urnas estão mesmo na sala dela e há que arrumar para depois limpar e voltar a por tudo no lugar!
Coisas das eleições...

25 de setembro de 2009

Eleições

foto cedida pela Diane

Votar... parece um acto tão banal, não é?
De qualquer modo, quando eu nasci os meus pais não podiam votar! Hoje podem.
Sou pouco mais velha do que a democracia, por isso não sei o que é não poder votar. Sei que é preciso não esquecer que votar é um direito conquistado e que houve quem tivesse de lutar para o conseguir.
Não quero que os meus filhos não aprendam essa história, pois só assim lhe poderão dar valor.
No domingo eu vou votar. Não que o faça completamente satisfeita com a minha escolha, não que goste do que me é proposto, não que me identifique com as politicas apresentadas...
No domingo eu não vou à praia, nem ao cabeleireiro, nem almoçar numa terra distante! Também não vou votar nulo nem em branco! É hora de dizer sim ou não, é hora de dizer qualquer coisa, é hora de mostrar que aqui anda gente!
Pegando nas palavras e na excelente fotografia da querida Diane digo, eu voto porque, apesar de tudo vale a pena votar!

24 de setembro de 2009

acolchoar

nunca o acolchoar me tinha corrido tão bem!
diz no livro da minha máquina de costura, que este pé permite coser de modo livre. é o adequado para costuras artisticas e para cerzir... será?

Swap intercontinental

Eu e a minha amiga RosaMaría fizemos um swap! Intercontinental claro pois ela vive no México!
Adorei RosaMaría :) Gostei bastante dos tecidos, muito diferentes das minhas habituais escolhas, mas lindos!
Adorei os mimos extra (penso que sejam artesanato mexicano) e gostei mesmo muito da manta (a que está dentro da cestinha). É um tecido mexicano com uma textura que eu adorei. Acho que ficará bem na parte de trás dos quilts...
Será que vais gostar do que eu te enviei? É tão diferente... Vamos ver ;)



Yo y mi amiga RosaMaría hizo un intercambio! Curso Intercontinental porque vive en México!
Adorei RosaMaría:) me gusta mucho de los tejidos, muy diferente de mis opciones de costumbre, pero hermosa! Me encantó la Caricias extra (creo que son las artesanías de México) y he disfrutado de la manta (que está dentro de la canasta). Es una mexicana con una textura de tela que me encanta. Creo que va a estar bien en la parte posterior de las colchas ...
Será que le gustará lo que te envié? Es tan diferente ... Vamos a ver;)

22 de setembro de 2009

Regresso às aulas III

Com uma semana de aulas...
Já o irmão mais novo vai mais aliviado para a creche. Já não lhe fica a dúvida de onde raio ficam as irmãs e porque razão só ele não fica com a sua mamã.
A do meio já tem trabalhos de casa, mas não são bem do que estava à espera; afinal ainda não está a fazer as letras só bolinhas e chapéus de chuva a tracejado. Contas nem vê-las e ela está desejosa de mostrar que já sabe somar e subtraír feijões. A professora nova continua sem tombar para o lado do bom ou do mau, precisamos de mais tempo para decidir.
Ao final do dia o cansaço é sempre grande, nem as refeições nem as aulas de ginástica são feitas dentro da escola. Pelos vistos, longe vai o tempo em que se conseguia fazer tudo dentro do mesmo espaço. Esta parece ser uma dificuldade intransponível, mesmo com eleições à porta.
Com uma semana de aulas, já a mais velha perdeu o cartão da escola (que afinal estava só no bolso das calças do fato de treino). Sem ele não pode almoçar, nem mesmo entrar ou sair. Nesse mesmo dia esqueceu-se também da pasta de EVT e nunca sabe bem, afinal, que material pedem os professores; todos os dias vem uma actualização da lista "a comprar".
Com uma semana de aulas ainda não entrámos nas novas rotinas nem nos desligámos do doce e despreocupado ritmo das longas férias de Verão.

18 de setembro de 2009

Casinha em patchwork

Começou com paperpiecing, cosida à mão, mas acabou na máquina. Pelo caminho dei-me conta que lhe falta a chaminé!

16 de setembro de 2009

Regresso às aulas II

1º dia de aulas do 1º Ciclo da miúda do meio (ontem)

- Então, como correu o dia?
- Fixe. A professora é assim-assim, um bocadinho mais ou menos má.
- Mais ou menos má?
- Sim, ralha um bocadinho mais ou menos. Mas também tive uma professora divertida (Ciência Divertida), faz experiências mágicas; é bué divertida! E Inglês, também tivemos inglês mas não percebi nada do que ela estava a dizer. E depois pôs umas músicas e queria que nós cantássemos... era o que faltava, eu não cantei, só fiz assim (com os lábios)! Era tudo em inglês! Mas nem consegui trabalhar nada, nem sequer tenho trabalhos de casa!
- ...

14 de setembro de 2009

Coisas boas dos blogs

Casi dos meses después (!) de venir a responder a mi amiga RosaMaría que vive al otro lado del océano, en México.
Perdóname, pero las vacaciones de los niños no me da mucho tiempo libre.
La idea es decir 5 cosas que nos gusten y pasarlo a otras 5 blog-amigas... entonces

1. aprender las técnicas de quilting
2. Tome tiempo para escuchar a mi silencio
3. dirigir en un día soleado
4. conocer gente nueva, costumbres y países, incluso si el Internet
5. pasar el día con mi familia

pero no necesariamente en ese orden

y las amigas a quienes les envío este premio son:

Ana Barata - B'arte
Virgínia Otten -
Amo-te mil milhões
Ana Barra (lástima que no tenés un blog):)))
Susana Lopes - A Casa da Costureira
Patrícia - A Mania da Maria
Zélia Évora -
The crafty Doula

Mis amigas me tomó dos meses para responder ... Lento pero seguro!

RosaMaría, gracias por mostrarnos tan bellas imágenes de tu país en tu blog!

Quase 2 meses depois (!) venho responder à minha amiga, RosaMaría, que vive no México.
A ideia deste selo é dizer 5 coisas que gostamos de fazer e passá-lo a 5 pessoas amigas. Então
1. aprender quilting
2. ter tempo para ouvir o meu silêncio
3. conduzir num dia de sol
4. conhecer novas pessoas, costumes e países, nem que seja pela internet
5. passar um dia agradável com a minha família

mas não necessariamente por esta ordem

As amigas a quem passo este carinho são:

Ana Barata - B'arte
Virgínia Otten - Amo-te mil milhões
Ana Barra (que pena não tens blog):)))
Susana Lopes - A Casa da Costureira
Patrícia - A Mania da Maria
Zélia Évora - The crafty Doula

Minhas amigas eu demorei dois meses a responder... depressa e bem não há quem!

RosaMaria, muito obrigada por mostrares imagens tão bonitas do teu país no teu blog!

12 de setembro de 2009

Gripe A

Numa altura em que os nossos filhos vão voltar à escola e recomeçar todas as actividades, vale a pena ver e ouvir com atenção.
Todos nós estamos a ser informados dos planos de contingência dos diversos organismos, todos nós vamos aos supermercados e farmácias e somos assediados com medicamentos, desinfectantes, máscaras, luvas...
Vejam. Informem-se e formem.

Eu vi aqui.

10 de setembro de 2009

Regresso à aulas I

Esta semana já tive: uma reunião para dar as notas e trabalhos da miúda do meio que tinha ficado adiada do fim do ano para agora; uma reunião de pais para apresentação da escola da miúda mais velha; uma deslocação à mesma escola, mas noutro dia e noutro horário para compra dos livros escolares da mesma filha; uma deslocação à nova escola da miúda do meio, para conhecer a nova professora, os projectos para este novo ano e o plano de contingência da escola para a gripe A (aqui não vou nem comentar...).
Amanhã a miúda mais velha começa na nova escola, mas só até ao meio dia. Depois disso temos de ír comprar o material escolar que será indicado da parte da manhã.
Fico a imaginar como seria se não estivesse desempregada...

7 de setembro de 2009

Patchwork em polegadas

Este Sábado fui a mais um workshop (parece que foram muitos... foi o terceiro), desta vez sobre triângulos.
Como já aqui tinha dito, iniciei-me no patchwork pelas mãos da Rita, que fez com que eu perdesse o medo de cortar os paninhos e deixasse de achar que estas coisas são só para quem sabe muito.
Bom, continuo a achar que é preciso saber muito, aliás, quanto mais coisas quero fazer mais vejo que tenho de aprender muito, mas já não tenho medo de experimentar.
Desta vez, a mestra foi a Luísa Silva da Dot Quilts e foi tudo uma grande novidade para mim. Em vez de trabalhar em centimetros trabalhei em polegadas, a marca da máquina de costura também era outra, mas isso até foi bom, foi como passar de um Citroen para um Audi topo de gama, não se estranha!Adicionar imagem
Os trabalhos propostos não foram novidade, apenas o modo de os fazer é que foi diferente. Desta vez, prestei mais atenção às medidas finais e valores de costura e consegui um resultado mais "direitinho".
De facto é preciso fazer muitas vezes a mesma coisa até chegar a um resultado mais confortável. Fiquei mais uma vez, cheia de vontade de continuar a aprender e impressionada com as possibilidades que um bloco pode ter. O patchwork é realmente viciante!Alguém me diz como se chama esta estrela (se é úma estrela...)?