26 de Novembro de 2014

os meus quadrados

os meus quadrados


antes de mais, tenho que dizer que não é um modelo meu, não fui eu que inventei. fiz algumas pesquisas sobre "mitered squares" e adaptei o modelo à nossa maneira de tricotar.

como fazemos malha com o fio ao pescoço, dá-nos mais jeito tricotar em liga do que em meia. assim, os meus quadrados são feitos em liga e não em meia.

pode-se escolher qualquer número de malhas para começar, desde que seja ímpar. a esse número devemos retirar 3 malhas e é nessas 3 malhas que vamos fazer uma diminuição dupla, da maneira que quisermos.

ou seja, depois de algumas experiências, decidi que queria começar com 61 malhas e 61 - 3 = 58 / 2 = 29

assim:

montar 61 malhas
carreira 1 (avesso): passar a 1ª malha sem fazer, tricotar todas as malhas em liga. todas as carreiras do avesso são feitas deste modo.
carreira 2 (direito): passar a 1ª malha sem fazer, tricotar 28 malhas em liga, passar 1 malha sem fazer, tricotar 2 malhas juntas em liga, passar a malha que tinha passado sem tricotar, por cima das 2 que foram tricotadas juntas (que é como quem diz: slip 1, p2tog, psso), tricotar 29 malhas em liga. Foram diminuídas 2 malhas, ficam 59 malhas na agulha.
Repetir estas 2 carreiras, até ficarem 5 malhas na agulha
carreira 58 (direito): passar a 1ª malha sem fazer, passar 1 malha sem fazer, tricotar 2 malhas juntas em liga, passar a malha que tinha passado sem tricotar, por cima das 2 que foram tricotadas juntas (que é como quem diz: slip 1, p2tog, psso), tricotar 1 malha em liga. Foram diminuídas 2 malhas, ficam 3 malhas na agulha.
carreira 60 (direito): passar 1 malha sem fazer, tricotar 2 malhas juntas em liga, passar a malha que tinha passado sem tricotar, por cima das 2 que foram tricotadas juntas (que é como quem diz: slip 1, p2tog, psso). Foram diminuídas 2 malhas, fica 1 malha na agulha. Finalizar como habitualmente


os meus quadrados

antes de me decidir por este tamanho experimentei com 19 malhas e ficaram uns quadrados com 3 cm, engraçados mas demasiado trabalhosos para o que pretendo. Em seguida experimentei com 41 malhas e fiquei com um quadrado de 6,5 cm. Finalmente o quadrado das 61 malhas tem cerca de 9,5 cm que me pareceu bem.

Os meus quadrados gastam, em média, cerca de 8gr de fio.

Outra coisa, tricotar quadrados vicia! 




25 de Novembro de 2014

manta nova e troca de fios

20141125_151456

depois de muito matutar (bem... nem foi assim tanto), resolvi começar uma (nova) manta de lã (as outras que comecei há anos são em crochet, pelo que acho que tenho desculpa).

não sei quando vou acabar nem que tamanho terá. poderá ser grande para servir de colcha de cama ou mais pequena, para ser manta de sofá; logo se verá!

o que eu queria mesmo era que todos os quadrados fossem diferentes e com fios lindos. é aí que vos lanço o desafio: fazer uma troca de fios. o vosso destino para os fios que trocarmos é livre. não é obrigatório que sejam para fazer uma manta, muito menos igual à minha. podem fazer meias, bonecos, outros modelos de mantas, o que quiserem! podem até não fazer nada com eles e aproveitar apenas para ter um pouco de fios lindos e especiais. tudo vale.

eu vou fazer estes quadrados (amanhã partilho o modelo convosco), mas há muitos outros modelos de que gosto, por exemplo: o mitered crosses blanket, o six'es, o pathways blanket, o beekeeper's quilt (que hei-de fazer um dia). escolhi este modelo por ser relativamente rápido e, claro, por não ter costuras. vou tricotando e juntando logo todos os quadrados, no final está tudo pronto a usar.

e a troca de fios?
para participarem basta inscreverem-se no ravelry aqui neste fórum.

que fios são?
estou a usar apenas sock yarn ou fingering. cerca de 400 metros por cada 100 gramas, um pouco mais ou um pouco menos. o fio das meias faz um efeito muito agradável nestas mantas e é o que eu gostaria de usar. em qualquer cor, com riscas, liso, semi sólido, fiado ou pintado à mão. qualquer coisa desde que seja bonito.
os meus quadrados são: Admiral, Yarn Adventures sock, Juno e Trekking (até agora).

e que quantidade?
cerca de 10 gramas. se não tiverem balança, dá cerca de 40 metros.

como fazer as meadas?
eu faço mesmo uma mini-meada, enrolando o fio numa régua e atando em dois sítios para não se desmanchar, mas podem fazer um novelinho ou enrolar num cartão. qualquer formato desde que seja usável. sempre que possível (às vezes já não sabemos), identifiquem os fios com uma etiqueta, escrevendo a marca e a cor/lote. pode ser que queiramos comprar mais.


20141125_151419

dúvidas?
escrevam no ravelry, é o melhor sítio.

gostava muito que me fizessem companhia e me ajudassem a fazer esta manta. tricotar é bom, mas em conjunto e com troca de fios pode ser muito mais agradável.

de certeza que estou a esquecer-me de qualquer coisa essencial... escrevam no ravelry!
vou ficar ansiosamente a aguardar as vossas respostas.

19 de Novembro de 2014

fiar com fuso

merino & silk

 depois dos workshops de iniciação à fiação com fuso, fico sempre com vontade de fiar mais.

todas as lãs que fio, faço-o na roda e o fuso fica sempre para trás. não é que não goste, não é que não seja agradável; é assim, apenas.

mas desta vez vou praticar o que prego e fazer um fio para um projecto: um fio vermelho e rosa (cores muito fora da minha zona de conforto) em merino e seda muito fino para ser um 3ply, redondinho e robusto para umas meias.

vamos ver quando ficam prontas!

18 de Novembro de 2014

CLUBE PORTUGUÊS DO FIO


o CLUBE já tem blog, vão lá ver!
está tudo explicadinho sobre a próxima edição.

17 de Novembro de 2014

nas agulhas

Calligraphy Cardigan da Hannah Fettig.
começado ontem, com o fio que trouxe no Sábado, da Tricot das Cinco.

calligraphy


estou a usar o fio Lima da Drops, uma mistura de lã e alpaca muito quentinha e com uma espessura que dá para tricotar num instante! o fio está em promoção até ao final do ano na loja da Sofia.

para além de ser uma delícia tricotar com este fio ainda tenho a sorte de ter estes marcadores feitos pela Filipa. são lindos e muito práticos. têm o peso certo e a altura perfeita e um acabamento suave (aquela bolinha no final) que faz com que não se prendam à lã. são o complemento ideal. gostei muito!


calligraphy