21 de novembro de 2016

camisolas de inverno

depois de outubro, o mês das peúgas, estava muito concentrada a tricotar a minha camisolinha April no fio Olívia da Ovelha Negra, num rosa velho muito bonito


tudo corria lindamente, continuava apaixonada pelo modelo e fio... quando vi o último episódio do podcast da Cristina e pensei... hmmm... porque não? vou começar mais uma camisolinha!

entao comecei o modelo ravello, que estava na minha lista há uns anos, com fios holst garn (cá em casa também há muitos anos).


Para as transições de cor usei o método que a Tania me indicou e resultou muito melhor do que qualquer outro que tenha usado até hoje.



Os novelos Holst Garn Supersoft têm muito óleo da fiação e fazem com que o fio fique ainda menos macio do que é, por isso gosto de os lavar antes de tricotar.

Gosto muito deste modelo mas, para mim,  tem um problema que ainda não sei como resolver. O decote não tem qualquer acabamento e eu não sei se vou gostar de o usar assim como está. Posso sempre apanhar malhas e fazer um canelado ou um icord (como o próprio modelo sugere), mas aí vai ficar muito mais justo e não sei se vou gostar de ter este fio tão próximo do meu pescoço.. Tenho de ver como faço.

Assim, este mês tenho duas camisolas nas minhas agulhas, ambas em fios fininhos. vamos ver se as acabo e se não me distraio com mais nada!




3 comentários:

  1. Vão ambas ficar lindas, já se sabe!
    Agora, quanto a distrações e cast-ons "involuntários" ... uhmm, não sei se te vais conter... Há tantos modelos giros por aí, e fios a pedir para serem tricotados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Paula já me enviou um link de um colete que lhe fez lembrar de mim... e eu gostei. Mas vou ser forte!

      Eliminar
  2. Tão bonitas.. se eu tivesse esse talento para as lãs, andava sempre bonita e quentinha :)

    ResponderEliminar