9 de abril de 2010

Carapauzinhos with tomato rice


No, I won't start making posts about cooking ... it’s very difficult to take pictures of food! And besides there are good blogs dedicated to the subject (this one is my favourite).
I’m writing about it because of this post. After thinking a lot I thought that in fact it’s not easy to choose which food is most typically Portuguese. When I think of Spain I think of calamari, tapas ... Italy, pizza and pasta, Germany, sausages and beer ... but Portugal? We are such a small country and what do we say in Lisbon about the papas de serrabulho ou dos carapaus alimados?
So, to begin showing Cathy what we eat around here, I chose something that I find common ground: carapauzinhos with tomato rice.
The mackerel are sea fish (of course we can also fry fish from the river. I prefer sea fish but, perhaps, I never tasted a good river fish) and should be small. These were quite big, sometimes we get half the size (but it's not allowed by law).
After you have arranged them go for wheat flour (usually refined white flour)
and fry in hot oil.


The tomato rice, or of anything else, it is invariably the same: chop up (thanks Paola!!!) onions, put in a pan with a little olive oil, let it simmer a little, until the onion is transparent, then drop the rice and water (or vice versa) a pinch of salt and let it cook on low heat.
We followed all this with a lettuce and tomato salad seasoned with olive oil, vinegar and salt.
I think this is traditional, at least in my family.
And I apologize for not having the final photos but cooking and taking pictures at the same time ...
I hope you understand Cathy!


Não, não vou começar a fazer posts sobre culinária... até porque é muito dificil tirar fotografias a comida! E além disso há bons blogs dedicados ao assunto (este é o meu preferido).
Tudo isto vem no seguimento deste post. Depois de pensar, achei que de facto não é fácil escolher quais as comidas mais tipicamente portuguesas. Quando penso em Espanha penso em calamares, tapas... Itália, pizzas e massas, Alemanha, salsichas e cerveja... mas Portugal? Somos um país tão pequeno e que dizemos em Lisboa das papas de serrabulho ou dos carapaus alimados? Pois é... há gostos para tudo!
Então, para começar a mostrar à Cathy aquilo que se come por cá, escolhi um prato que acho pacífico: carapauzinhos com arroz de tomate.
Os carapaus são peixe de mar (também há quem frite peixinhos do rio. eu prefiro peixe de mar mas, se calhar, nunca experimentei um bom peixe de rio) e para fritar devem ser pequenos. Estes até são um pouco grandes, às vezes conseguimos arranjar com metade do tamanho (mas não é permitido por lei).
Depois de arranjados passam-se por farinha de trigo (normalmente farinha branca refinada) e fritam-se em óleo bem quente.
O arroz de tomate, ou de qualquer outra coisa, faz-se invariavelmente do mesmo modo: pica-se cebola, põe-se num tacho com um pouco de azeite, deixa-se refogar um pouco, até a cebola ficar transparente, depois deita-se o arroz e a água (ou vice versa) uma pitada de sal e deixa-se cozer em lume brando.
Acompanhamos tudo isto com uma salada de alface e tomate, temperada com azeite, vinagre e sal.
Acho que isto é o tradicional, pelo menos na minha família
E peço desculpa por não ter fotografias com a comida pronta, mas cozinhar e tirar fotos ao mesmo tempo... ainda não consigo!

5 comentários:

  1. Ora bem e escreves-me tu que estás de dieta, pois pois. Acho que escolhes-te bem a receita, sem duvida. Se fosse eu talvez escolhesse o bacalhau com todos, mas é só uma ideia.

    Bjs

    Mónica

    ResponderEliminar
  2. This is a great recipe. I can't wait to try it. We have fresh fish alot this time of year and we love rice and tomatoes. I will let you know how we like it when we cook it.

    ResponderEliminar
  3. LINDINHA!!! na versão inglesa... esqueceste-te de referir em que altura pões os TOMATES no arroz!!! ahaha... ai comadre... arroz de tomate é o prato favorito do T!!!

    ResponderEliminar