30 de maio de 2011

mala-posta

fotografia daqui, onde podem ver mais fotos de várias épocas

Não sei se já repararam mas, os Correios de Portugal já não fazem entregas diárias da correspondência dita normal.


"Não há pessoal", diz o carteiro da ronda local. E como não há pessoal, ou pagamos a diferença para o correio especial ou esperamos pacientemente que a correspondência venha quiça numa linda carruagem como esta.


Com colegas europeias que recebem correio até aos sábados de manhã, pergunto:


"Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar..."


Jorge Palma

4 comentários:

  1. A sério??? Bolas nem me tinha apercebido disso. Realmente vamos de mal a pior.

    Bjs

    Mónica

    ResponderEliminar
  2. oh que pena, é tão bom receber cartas a sério !

    ResponderEliminar
  3. E eu que pensava que era o "meu" carteiro que era preguiçoso ;)
    Temos que voltar a escrever à família e aos amigos, de forma tradicional!
    Bjs

    ResponderEliminar