26 de maio de 2011

fiar com fuso

fusos

Fiar com fuso tem sido uma agradável surpresa. Dizem os mestres que é neles que devemos começar a aprender a arte de fiar. Como sabemos, eu fiz o percurso inverso e comecei pela roda.

fiar com fuso

Descubro agora as maravilhas deste pequeno e primitivo instrumento que me permite fiar em qualquer espaço, em qualquer intervalo de tempo e com a espessura e textura que quero; talvez até consiga um fio mais fino e resistente do que com a roda.

CIMG8470

Atenção: fiar pode ser extremamente viciante.

Quem está a começar a interessar-se, aqui estão uns excelentes primeiros passos. São grátis mas requerem inscrição.

3 comentários:

  1. Sempre imaginei a minha avó com um fuso desses e uma lã ao lado (não sei sequer se a minha avó fiava) e sempre tive uma ideia de um dia fazer isso. Não será para já, isso posso afirmar, mas quem sabe um dia? Pode ser que ainda venha a ter aulas contigo!

    Bjs

    Mónica

    ResponderEliminar
  2. Eu tambem gosto muito de fiar com fuso, mas nunca experimentei com roda... Mas o manuseio da lã e do fuso é muito relaxante. Gosto imenso.
    Não dá é o mesmo rendimento que a roda, imagino eu...
    Tenho mesmo pena de não ir ao workshop, pela aprendizagem e pelo convívio.
    Parabéns e boa continuação
    Bárbara

    ResponderEliminar