arquivo

7 de abril de 2010

Porto

No último Sábado de Março (já passou algum tempo é verdade) fui ao Porto.
Não ía ao Porto há muitos muitos anos... tantos que na altura ainda não havia telemóveis nem a cidade tinha metro!
Fui de combóio - outra coisa que não fazia há muito muito tempo também - com uns amigos, num dos primeiros da manhã e regressei no último do dia.
Fomos de propósito para estar com uma amiga e ír com ela a um Encontro de Tricot! Eu fui para aprender uma técnica que não conheço mas que me desperta bastante interesse. Uma das participantes habituais nestes encontros, teve a generosidade de me ensinar aquilo que eu tanto queria aprender! E até se deu ao trabalho de me fazer esta linda amostra, que cortou e acabou à minha frente para eu perceber como se faz. mais fotos aqui, aqui, aqui e aqui e em alguns outros sítios...

Confesso que actualmente me surpreendo mais com a generosidade do que com a mesquinhez... mas isso é outro assunto.
Gostei muito do ambiente deste encontro. Achei muito bom ver várias pessoas, de várias idades e com diversas ocupações, que se juntam para fazer uma coisa de que todas gostam; tricota-se e conversa-se um pouco. O encontro não é nada fechado e estas conhecedoras tricotadeiras acolhem simpaticamente as novas participantes. Quem estiver por perto, acho que não deve perder a oportunidade. Não tenham medo porque elas são mesmo simpáticas :)
Eu, vou procurar um grupo mais perto da minha casa e tentar fazer o mesmo.
Agradeço muito à Xana, muito obrigada mesmo, por tudo! Pela disponibilidade, atenção, generosidade...
Obrigada aos meus amigos e companheiros de viagem B e A, gostei muito!
Muito obrigada à super F e ao marido R (esta história das iniciais está a deixar-me baralhada!) que andaram connosco para, no pouco tempo que tinhamos, conseguirmos ver tudo aquilo que nos interessava! Muito obrigada.
Claro que fui conhecer a Lopo Xavier (que não conhecia) onde fiz umas comprinhas... e de lá trouxe as fabulosas amostras feitas pelos insubstituíveis senhores da loja (e que já estão a dar jeito pois gostei muito dos fios que trouxe, post seguinte).
O Armazém do Linho fez parte do roteiro e valeu mesmo a pena, se vissem a diferença dos preços (para aqueles que se praticam em Lisboa)!
E claro que fui conhecer a nova e fantástica loja de lãs da Invicta a Ovelha Negra. Adorei esta loja, está muito bonita e tem lãs excepcionais! Está tudo com muito bom gosto e a dona da loja também é como eu gosto: simples, acessível e simpática! Vão lá ver! Aqui já não comprei quase nada, com muita pena minha pois podia ter trazido um novelinho de cada, pelo menos! Gostei de saber que está a correr bem! É bom ver casos de sucesso, especialmente quando são mulheres (desculpem lá, mas valorizo mais). Esta loja foi sem dúvida uma aposta, um risco, daqueles que se fazem também por amor a uma arte e não (apenas) pelo negócio. As marcas escolhidas não são para todas as bolsas, não que sejam caras mas porque efectivamente nós ganhamos pouco para o nosso custo de vida (isto também é outro assunto). Espero que continue tudo a correr pelo melhor!
Gostei muito de ír ao Porto! Agora tenho de voltar com mais tempo.

11 comentários:

  1. Se eu fosse uma mulher do tricot, também lá estaria :)

    ResponderEliminar
  2. Olá.
    Chamo-me Sofia e cheguei até aqui através de um blogue, já não sei qual...Sigo muitos!
    Gosto muito daquilo que faz.
    Bem, adiante. Decidi deixar aqui um comentário porque acho muito engraçada a ideia por trás de um encontro destes. Um dia participo num.
    Entretanto, fica aqui uns de que ouvi falar:
    http://tricotsabados.110mb.com/
    http://tricotseixal.wordpress.com/
    http://tricotadeirasdeoeiras.blogspot.com/
    Espero que não leve a mal a minha intromissão.
    Um abraço,
    Sofia
    http://mundodasofia-handmade.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Bem, que saudades que me deste! Que bom rever a Xana, a Filomena, a Mª José e a Libânia. Já foram mais e eu já participei em alguns. Sem dúvida elas são o máximo e de certeza que gostas-te do encontro.
    Tens de tentar juntar um grupo para as tuas bandas e formarem um grupo. Só espero que tenhas mais sucesso que o meu...

    Bjs

    Mónica

    ResponderEliminar
  4. Sofia, obrigada pelas sugestões. O grupo do Seixal eu já ouvi falar... a Mónica (comentário a seguir ao teu) é uma das participantes.
    Mónica, isso é uma boa sugestão. Não tinha pensado nisso, mas agora vou pensar! E depois conto contigo... quem sabe? É dificil mobilizar as pessoas não é?

    ResponderEliminar
  5. Foi um Sábado excepcional! Adorei! E veio mesmo a calhar estar contigo, a B e o A! Animaram tb o R! Obrigada!
    Volta sempre! A minha casa é tua!
    Espero que da próxima vez venha a família contigo para passar o Sábado e o Domingo!

    Bjs gds amiga

    ResponderEliminar
  6. Que ideia tão engraçada, Rosário!
    Se pensares em organizar um grupo por estas bandas, não te esqueças de mim :)

    ResponderEliminar
  7. Belas notícias, Rosário! E que água na boca me fez crescer com essas visitas todas mais essas lojinhas que devem ser fantásticas!
    Há tempos vi por aqui o grupo das tricotadeiras de Oeiras. Penso que também costuma haver um encontro, não sei com que regularidade, lá para os lados de Belém.
    Mas... promova um grupo e conte comigo!
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Ana as lojas são mesmo lindas! até me esqueci de falar aqui numa loja de botões... daquelas onde a Ana NÃO pode entrar ;)
    Vou falar com tricotadeiras mais experientes nestas coisas, para ver como é que isso se faz... é uma boa ideia sim!
    Sofia, acho que há encontros em Lisboa. Creio que são no Centro Comercial Roma. Eu nunca fui mas gostava de ir.

    ResponderEliminar
  9. Olá Rosário
    Estás mesmo a tornar-te uma especialista no tricot, isso é que é. Continua, se arranjares o grupo conta também comigo. Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Olá, quem sabe um dia possa participar também num, adoraria aprender um pouco mais.**

    ResponderEliminar