13 de março de 2010

Noro, Holst e Addi


Alemães e japoneses são uma combinação discutível... no entanto, eu estou a gostar.
Depois de alguns comentários daqui para ali, resolvi misturá-los para ver no que dá. Afinal são ambos novidade para mim.
As matérias primas vieram das perdições do momento (em termos de fios para tricotar), uma em Lisboa outra no Porto. Já começamos a poder tocar em algumas coisas que só viamos pela internet. Agora espero por outras coisas, Habu, Sundara (verdadeiras preciosidades), Lorna Lace, Malabrigo, Knit Picks... e mais, muito mais!
Muito obrigada Ponto e Vírgula! É bom ver que ainda há quem goste de ajudar.

7 comentários:

  1. estou mesmo deslumbrada com essas lãs!
    tenho que as conhecer pessoalmente! e quero "ir pela sua mão", tá bem?

    ResponderEliminar
  2. Eu quero muito experimentar habu!

    ResponderEliminar
  3. Está lindo, ou se preferires wunderschon!!!

    ResponderEliminar
  4. Tenho de experimentar estas lãs.
    É verdade, é bom que alguém nos ajude! Estava eu de volta das minhas lãs mas sempre na dúvida porque achava que a minha manta estava a ficar berrante. Pedi uma opinião sincera aos meus filhos e cheguei à conclusão que nas fotos da attic24 ficava bem mas aqui em casa não fica.
    Destas cores gostei bastante:)))
    Obrigada pela visita ao meu blogue e o ponto sem nó é da neta, o blogue da Avó é da minha prima.
    Boa semana
    Sofia

    ResponderEliminar
  5. Essas só conheço de nome, ainda não tive nenhuma nas mãos. Quanto à combinação essas também não sabia que seria possivel, parecem-me que têm uma textura tão diferente, mas por vezes resulta mesmo muito bem.

    Bjs

    Mónica

    ResponderEliminar
  6. Rosário, descobri hoje que já tinha feito dois cachecóis com Knit Picks: um para a minha filha e outro para o meu Pai! E adorei o resultado de ambos. As coisas que aprendo contigo!!!

    ResponderEliminar