15 de outubro de 2013

Freyja

freyja

e agora que a minha odisseia das camisolas está perto do fim, recomeço as minhas malhas

estou a fazer a amostra para a Freyja, um modelo de Ragga Eiríksdóttir disponível para download grátis aqui.

freyja

vou usar a lã original, típica da Islândia. Plötulopi é um lã que não foi fiada, sendo por isso muito leve, fofa e claro, um pouco mais dificil de tricotar. acho que não vou conseguir tricotá-la ao pescoço pois a fricção faz com que esteja constantemente a partir-se.

freyja

vou usar cores naturais, não tingidas, nos tons branco e cinza.

alguém me acompanha?

5 comentários:

  1. Gosto tanto das cores escolhidas. Vai ficar maravilhoso!

    ResponderEliminar
  2. Excelente escolha!
    Não acompanho porque sou principiante nestas andanças do tricot e pelo que percebi não é um projecto fácil !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a dificuldade será mesmo a lã, pois é de facto bastante sensível. (e a parte do cortar mete respeito...)
      a Luísa já fez, vai ter de me dar umas dicas :)

      Eliminar
  3. Been there, done that! :)

    Trabalhar ao pescoço acaba por ser uma questão de prática. De vez em quando parte-se, é um facto, e cortar não custa nada! De facto esta lã deve ser uma das minhas preferidas, leve, confortável e quentinha.
    Até gostava de fazer outra, a minha ficou comprida.

    ResponderEliminar