18 de janeiro de 2011

Horta 0/??

foto daqui

Como muitos (a maioria?) de nós, sempre sonhei ter uma horta. Mais do que plantas e flores fascina-me ver legumes e vegetais brotar da terra. Não sei bem porquê, mas é certo que sempre adorei ver hortas. Já as vi bem bonitas, limpinhas e bem cuidadas.
Quando saí de Lisboa e vim morar para esta zona, tive pena de não ter comprado uma casa com terreno. A única que estava ao nosso alcance tinha um terreno excelente mas a casa, apesar de bonita, requeria muitas alterações. Optámos por esta, que satisfazia as nossas necessidades de espaço mas, infelizmente não tem um centimetro de terra lá fora.
Por isso, desde essa altura, que faço e desfaço planos para ter um cantinho onde possa semear umas coisas.
Assim, e depois de muito conversar com os técnicos da família, consegui arrancar com a minha empreitada.
Um dos meus irmãos prometeu-me o material: tijolos, areia e cimento e confesso que foi com alguma surpresa que vi a promessa cumprida!
#1
Ontem descarregámos e hoje bem cedo comecei.
#2
Tento lembrar-me de todas as dicas e conselhos enquanto vou fazendo a massa e alinhando os tijolos. Não é tarefa fácil, não senhor! Sentir-me-ía muito mais à vontade se tivesse alguém a ver o meu trabalho... a consistência da massa é uma incógnita... espero que não caia tudo ao chão quando começar a segunda volta de tijolos!
#3
#4
Ainda falta algum tempo até conseguir começar a fazer agricultura mas, entretanto, agradeço sugestões, ideias, dicas...
Vou arrumar as ferramentas e varrer o chão antes que o cimento seque! Depois... depois acho que vou cair no sofá e esperar que as minhas costas regressem!

15 comentários:

  1. Espera lá, tu é que andas a fazer de pedreiro??? Já não há cavalheiros neste mundo!!!
    Há aí um pormenor que não me está a agradar muito: vais partir o chão por baixo? eu acho que seria melhor tanto para as plantas (para a água escoar) e porque, dependendo das raízes, o mosaico pode vir a partir...
    Boa obra!
    P.S. A consistência certa é tipo risotto. tem de querer espalhar um bocadinho.

    ResponderEliminar
  2. hahaha! vai ficar perfeito! fazes canteiros, nem precisas de levantar chão! agora sinto que tenho uma concorrente, tenho mesmo que começar a semear as batatas! :D

    ResponderEliminar
  3. S os cavalheiros andam ocupados com outros assuntos, mas há, claro que sim :)
    não posso partir o chão porque tenho toneladas de betão por baixo (a minha casa é num sitio inclinado, lembras-te?). se partir não faz mal porque não há nada por baixo. mas, depois dos muros, tenho de isolar bem e fazer um tubinho para a água sair. parece-lhe bem senhora engenheira?
    risotto? ai, agora ainda fiquei mais preocupada...
    Virgínia não quero ser tua concorrente, tu semeias as batatas e eu as cenouras, pode ser? além disso conto com a tua assessoria agrícola!

    ResponderEliminar
  4. O que me ri a ler o teu post! Nunca me passou pela ideia ver-te a preparar uma argamassa!
    Bem, acho que os curgetes são fáceis de plantar. Os tomates, feijão verde tb são uma boa ideia! Mas a verdade é que tens de ver o que gostam ai em casa e cultivares isso. Atenção à rotatividade que os terrenos devem ter assim como o "descanso".

    Boa sorte!

    Bjs

    Mónica

    ResponderEliminar
  5. Eu também adoro plantar, no chão não consigo colocar nada porque meus cachorros comem então tenho que colocar em vasos, estou até fazendo uma experiência de plantar uma goiabeira em vaso, vamos ver se dará certo!
    Sucesso na horta!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Uauau!
    Acho a ideia excelente! Vai ficar perfeito de certeza!

    ResponderEliminar
  7. Bem! isso vai ser uma empreitada e tanto.
    Uma sugestão, devia colocar uma tela plástica impermeabilizante que desça da parede e cubra toda a zona do canteiro para evitar que a água se infiltre nas paredes. Por cima da tela colocar seixos para a água da rega poder escoar e não empapar a terra por cima desses seixos colocar uma terra mais grossa e depois sim a terra de boa qualidade fertilizada naturalmente.

    Quanto ás pragas que vão aparecer misturar água com uma pequena quantidade de detergente da loiça e pulverizar as plantas, misturar as ervas aromáticas e algumas flores no meio dos legumes tb ajuda a afastar as pragas.

    ResponderEliminar
  8. Pois, tinha esperança que o chão saísse. Mas ok, consegues viver sem isso. Mas tens mesmo de ir à casa de ferragens e pintura aí do lado e fala com o dono e diz que precisas de proteger a parede. e sim, tens de fazer uns furos de drenagem. aconselho-te a meter uma camada de pedra no fundo para ajudar. A argamassa não se quer demasiado seca, tens de a conseguir espalhar sem quebrar toda. Mas aqui entre nós, desde que os tijolos se mantenham no lugar, está perfeito!
    Diverte-te!!

    ResponderEliminar
  9. Rosário - eu sem te conhecer pessoalmente, tenho-te por uma lutadora e hoje tive a certeza! Tu não desistes perante o desconhecido - ora fias lã, ora ergues paredes! Faço-te uma vénia e dou-te uma grande salva de palmas - valente mulher!

    ResponderEliminar
  10. Ai Sofia... vamos ver se os muros se aguentam em pé ;)

    ResponderEliminar
  11. Estou muito orgulhosa de ti!!!
    Acho que as sugestões da tela impermeabilizante e dos seixos (eu por cima dos seixos ainda punha uma camadita de argila espandida e depois areia e dps terra grosseira e dps terra preta - da boa) são muito importantes, bem como os furos na parede, ao nível da tela, para escoar a água em excesso e não apodrecerem as raízes.

    Acho que quando acabares esse e começares a semear, vais ter vontade de ter outro, porque o espaço de "terra" nunca chega :)

    Beijo grande

    ResponderEliminar
  12. UAU... mete a Sara a tratar disso!!
    beijo

    ResponderEliminar
  13. Fica tu com as cenouras, sim! Até agora só consegui cenouras com um centímetro (mas perfeitinhas)! Quanto à drenagem, é muito importante, sim... perde algum tempo a informar-te sobre isso que vale a pena. Vai mostrando!

    ResponderEliminar
  14. Sólo hablo españo, así que entiendo poco de lo que cuentas, pero entiendo tu deseo de tener una huerta, me siento muy identificada con el gusto por ver surgir vegetales más que plantas ornato.
    Te recomiendo mucho el libro de John Jeavons, que además ofrece descargables gratuitos, o éste http://www.amazon.com/Backyard-Homestead-Produce-food-quarter/dp/1603421386/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1299988992&sr=8-1
    Está precioso tu blog.

    ResponderEliminar
  15. Hé! Hé! Fantastico ! (e eu orgulhosa dos meus vasitos, tss, tss ...)

    ResponderEliminar