4 de janeiro de 2010

Malha Inglesa "à portuguesa"

Faz agora um ano que a minha amiga Rosário me ensinou a fazer malha inglesa (ou ponto brioche). Na altura fiz quase um cachecol mas, como o resultado não estava a ser o esperado, pu-lo de parte.
Uns meses depois tentei recomeçar mas não fui capaz, tinha-me esquecido completamente de como se fazia. Nem eu nem quem me ensinou nos conseguiamos lembrar. Procurei bastante na net mas só consegui encontrar explicações e videos em inglês. Acontece que nós não tricotamos da mesma forma.
Depois de muitas voltas consegui acertar com a cantilena e não podia ser mais simples. Quem quiser aprender é só seguir o video (o link está aqui), as voltas são sempre iguais e devem montar-se malhas em múltiplos de 3 e acrescentar (ou não) malhas para orla.
Qualquer dúvida, é só perguntarem.

ADENDA:

Para este cachecol montei 32 malhas (30 para o padrão e 2 para cada lado da ourela).

Começa assim: passar 1 malha (a da ourela) em liga sem tricotar (como se fossemos fazer a malha em liga), *passar 1 malha em liga sem tricotar, fazer 1 laçada, tricotar 2 malhas juntas em meia*, repetir * * até 1 malha do final (a da ourela) que vamos tricotar em meia. Carreira seguinte é exactamente igual.

12 comentários:

  1. Respostas
    1. nao consigo fazer as duas malhas juntas em meia so se for em liga

      Eliminar
  2. Gosto! Porque desististe do cachecol???

    Só não percebi como começas...
    Montas malhas e depois qd teces a 1ªcarreira:
    Teces uma malha, passas outra+laçada, teces uma, passas outra+laçada... ???

    ResponderEliminar
  3. Sara: a lã é muito grossa pelo que o cachecol fica muito pesado, além disso tem montes de fios puxados (obra dos meninos cá de casa). e quanto à explicação, está melhor assim?

    ResponderEliminar
  4. Não consigo ver a foto ou video que mostras ;-(
    No entanto a tua adenda é bem explicativa, e vou axperimentar sem dúvida!

    Bjs

    Mónica

    ResponderEliminar
  5. que engraçado! na minha participação no cachecol da Zélia fiz um pedacinho com esse ponto. andei, andei até conseguir lembrar-me. Mas o que fiz foi uma carreira como a da sua explicação, e a outra 1 de meia e outra de liga onde juntava a malha não tecida com a laçada. A minha mãe sabia muitos pontos, aprendi com ela mas já esqueci muita coisa. Já andei às voltas para tentar um ponto que ela chamava de espinha de bacalhau, mas ainda não consegui.

    ResponderEliminar
  6. Ora aqui está o ponto inglês!!!
    Há cerca de um ano andei à procura deste ponto e não encontrei em lado nenhum.
    Há muiiiiiiiitos anos fiz uma grande camisola neste ponto, mas nunca mais "chegaria" lá!
    Obrigada Rosário!

    ResponderEliminar
  7. A minha mãe ensinou-me este ponto com o nome de "espinha de bacalhau". A malha inglesa não é um pouco diferente?

    ResponderEliminar
  8. há muito tempo que não fazia esta malha.muito obrigada.

    ResponderEliminar
  9. Olá Rosário, tentei fazer sua receita do cachecol mas não consegui fazer em meia, só em trico. Ponto liga é trico?O cachecol é feito todo em ponto meia? Obrigada e abraços. Divina

    ResponderEliminar
  10. Já vou aplicar este ponto de malha Inglêsa na minha boina!!! Obrigada pela dica

    ResponderEliminar
  11. No Brasil esse ponto tem o nome de Ventania.

    ResponderEliminar