31 de agosto de 2010

Rei morto rei posto

Bom, parece que me antecipei e a verdade é que me sinto uma grande batoteira. Avancei para o desafio antes mesmo da resposta da minha parceira! Pior... ela ficou à minha espera! Mil desculpas, não volto a repetir.
Em minha defesa, digo que teve mesmo de ser assim ou não teria conseguido. Sexta feira à noite dobei a meada (e que grande que ela era!), Sábado montei as malhas, Domingo rematei-as e hoje (porque ontem não estive por casa) já está de molho para mais logo ír à estica.
Como ela também já disse, este xaile é feito ao contrário, ou seja começamos pela parte maior, o que para a maioria de nós (portugueses?) é dificil. No entanto, eu gostei de o fazer: pensei sempre "pelo menos... o pior já passou".
As carreiras dos "nups" têm truque. Para mim, o truque foi fazer o "into same st, (k1, yo) 3 times" com uma malha muita larga, quase sem tensão. Só assim se consegue fazer depois o "p7 together" com a agulha de trabalho, sem recorrer a uma agulha de crochet.
Para me redimir deixo aqui um video de como eu faço. Espero que ajude alguém.


este video foi filmado após vários takes pela filha mais velha, com várias interrupções pela filha do meio e com o meu mais arregalado e assustador olhar para ver se a coisa chegava ao fim. o filho mais novo andava em silêncio pela casa, o que é sempre preocupante. está um bocadinho de lado, pelo que ou rodam o monitor ou inclinam um pouco a cabeça...

Mas, dizia eu, se não tivesse tricotado este xaile em tempo record (para mim, claro está) não o teria feito. Esta semana estou a preparar os dois workshops do próximo Sábado na Dotquilts e não esqueçamos que a criançada ainda está por casa como muito tempo livre para ocupar.
E aproveito para lançar um novo desafio, desta vez com bastante antecedência.
Finalmente vou fazer o meu Ivy League Vest.
Já encomendei as lãs que devem estar quase a chegar e penso começar no início da próxima semana. Quem alinha?

27 de agosto de 2010

À roda do xaile

O desafio está lançado e aceite por ambas as partes, vamos fazer este xaile e por mim podemos começar já; podemos?
Não fomos a tempo de acompanhar as amigas do grupo do Porto mas mais vale tarde do que nunca. Quem se nos quiser juntar é só entrar na roda!
Eu vou fazer com esta lã que comprei aqui antes de ír de férias. Pensei usar uma daquelas que já consegui fiar, mas vou jogar pelo seguro e usar esta.
Chamo a vossa atenção para os grupos do Ravelry, há muitos e para todos os gostos. É um sítio excelente para quem quer aprender e também partilhar ideias e técnicas. Por cá já temos bons grupos e excelentes tricotadeiras.
Quem quer entrar na roda?

26 de agosto de 2010

26 de Agosto

17 dias para o início de mais um ano lectivo. Imaginação precisa-se!

Maizena com água e até uma pitada de corante é sempre garantia de uma boa meia hora de entretenimento. Eu... começo a preparar o Natal!

23 de agosto de 2010

Scones e Workshops de Tricot

Vai um scone?


São integrais e não levam ovo.


Os docinhos também são caseiros: uns feitos por mim outros pela mamãe... a manteiguinha é de compra por enquanto... (estou a brincar! não vou arranjar uma vaca... acho eu...)

Parece impossível mas hoje choveu. Bom dia para uns scones...
Aqui vai a receita da casa:

200gr de farinha do Moinho da Silveira (pode ser outra mas não ficam a mesma coisa)

20gr de açúcar

25gr de manteiga

fermento em pó

leite quente (o suficiente para juntar tudo)

1 pitada de sal (que me esqueci mas até faz falta)

Juntar tudo numa massa que dê para os miúdos fazerem bolinhas. Levar ao forno e comer imediatamente.


E aproveito para informar que os workshops de tricot regressam já no inicio de Setembro. Ver no separador por favor.

22 de agosto de 2010

O fim da pausa

Com o Agosto quase quase no fim...
... é mais uma vez tempo de apanhar amoras.
As fotos foram tiradas pela filha mais velha; a única que não participou na apanha.

17 de agosto de 2010

Pausa na pausa

Este ano fomos obrigados a fazer uma pausa na pausa que é como quem diz, tivemos de interromper as nossas férias.
Dizem os médicos que o responsável é um ácaro... coisa chata não vermos a cara de quem tanto nos incomoda! Pior, ninguém parece estar convenientemente informado a seu respeito... uma certeza apenas: anda algures pelos Algarves, é aí residente e não apanha boleia para outras paragens. Até ver...
Apaziguadas as maleitas e depois de todas as precauções retomaremos o nosso caminho.
Entretanto, vim respirar outros ares.
Não gosto muito de calor, aquele calor constante e intenso que não deixa dar mais de dois passos seguidos. Relembrei uma das razões por ter escolhido morar aqui: aqui o calor é civilizado, deixa-me caminhar, fazer o que tenho a fazer e até vestir uma camisolinha pois as noites são sempre frescas. É assim que eu gosto e se tivesse de viver noutro sítio ía ter dificuldades com toda a certeza.



Aproveitei esta pausa para retomar a minha manta em conjunto. Já falei dela várias vezes. Hoje consegui juntar todos os blocos feitos por todas as participantes. Não foi tarefa fácil mas foi com muito prazer que me sentei à máquina da costura. Para um modelo tão geométrico as medidas não estão assim tão exactas... mas acabei por gostar bastante do resultado. Agora falta a parte pior, aquela que para mim é mais dificil, juntar as camadas e acolchoar. Espero manter o ritmo e terminá-la muito em breve.
Outro trabalho que espero também conseguir terminar é a minha mantinha de crochet! Aquela do banner lá em cima... pois é! Dois anos é tempo mais do que suficiente para estar dobrada dentro de um saco e resolvi voltar a pegar-lhe. 105 foram os quadradinhos que crochetei durante o mês de Agosto! Só faltam 35 e as voltinhas finais.


Agora vou regressar às minhas férias.
Estou a trabalhar em algumas novidades que divulgarei em breve.
As aulas de tricot também vão recomeçar logo no inicio de Setembro.
Continuação de Boas Férias a todos!