31 de janeiro de 2010

Arrumações

Enrolando novelos, terminando blocos de meses atrasados e projectos começados... assim termina Janeiro. Costuma ser um mês tão comprido mas este ano só teve mesmo 31 dias!
This one is for Tacha - Bee Europa / January Block

Bloco para a Diane

Bloco para a Susana


Bloco para a Ana Fernandes

Bloco para a Fernanda


Bloco para a Ana Luisa

...

Tenho um Toyota!

Não, não é um carro... mas é sem dúvida uma das prendas mais divertidas que já recebi na vida!
Faz parte da troca de Natal que fiz entre um grupo de amigas. Como se não bastasse ter-me feito já uma bela surpresa com coisas feitas por ela, resolveu surpreender-me mais ainda com uma coisa que sabia que eu ía gostar... um enrola-novelos!
Tenho enrolado bastante e já todos cá em casa experimentaram. Dar à manivela é sempre divertido e ficar a admirar novelos tão bem enroladinhos é sempre um prazer.
Maridos de todas as meninas crafters... daqueles que nunca sabem o que oferecer nos aniversários ou outras datas festivas: esta é uma prenda que qualquer pessoa que trabalha com lãs gostaria de receber!
Eu por aqui ficarei eternamente agradecida... obrigada P!


15 de janeiro de 2010

Como fazer aumentos em tricot (sem fazer um buraquinho)

Já estava prometido há muito tempo, portanto aqui vai a explicação.

Há muitas maneiras de fazer aumentos em tricot, este é apenas uma delas.
Quem faz tricot há pouco tempo ou "por conta própria" talvez ainda não se tenha apercebido de que os aumentos podem ter inclinação. Podemos criar uma inclinação para a direita ou para a esquerda. Para fazer uma manga que comece pelo pulso, por exemplo, podemos usar esta forma de aumentar malhas.

Então, para fazermos um aumento com inclinação para a direita vamos criar uma malha entre duas que já existem. Para isso, separamos um pouco o espaço onde queremos criar a nova malha (foto 1), colocamos a agulha esquerda nesse espaço e no sentido de trás para a frente (foto 2); depois é só tricotar essa malha normalmente. É um pouco dificil apanhar esta malha, mas é uma questão de praticar até lhe apanhar o jeito.


Para fazermos um aumento com inclinação para a esquerda, vamos seguir o mesmo método: saparar o espaço entre as duas malhas (foto 1), colocar a agulha esquerda nesse espaço mas no sentido de frente para trás (foto 2), finalmente tricotar a malha mas pelo elo de trás e não pelo da frente como é habitual (foto 3). É o facto de tricotarmos pelo elo de trás que faz com que não fique o buraquinho. Simples, não?


Espero ter conseguido explicar de um modo simples!

5 de janeiro de 2010

Workshops de Tricot em Lisboa

No próximo Sábado dia 9 de Janeiro há novo Workshop de Tricot na Dotquilts em Lisboa. É o terceiro de uma série de quatro e já não há vagas. No entanto, é possível agendar novo ciclo contactando a Luísa Silva:

Inscrições / Informações:
Luisa Silva - Dotquilts
R. Coronel Pereira da Silva, 2B
1300-147 Lisboa
Telefone: 21 362 71 73
dotquilts@gmail.com

Recordo os temas dos quatro workshops:

Workshop I – Iniciação ao Tricot
Fios, composição, tipos de fio, agulha indicada para cada fio
Agulhas (tamanhos, tipos e materiais)
Montagem de malhas
Malha de Liga
Malha de Meia
Composições com malha de liga e meia
Adicionar novo fio
Rematar


Workshop II
Vários tipos de aumentos, diminuições, laçadas e tudo aquilo que podemos fazer com estas técnicas.



Workshop III
Entrançados
Tricot de Aran - motivos irlandeses

Workshop IV
Tricotar com cor - Jacquard

4 de janeiro de 2010

Malha Inglesa "à portuguesa"

Faz agora um ano que a minha amiga Rosário me ensinou a fazer malha inglesa (ou ponto brioche). Na altura fiz quase um cachecol mas, como o resultado não estava a ser o esperado, pu-lo de parte.
Uns meses depois tentei recomeçar mas não fui capaz, tinha-me esquecido completamente de como se fazia. Nem eu nem quem me ensinou nos conseguiamos lembrar. Procurei bastante na net mas só consegui encontrar explicações e videos em inglês. Acontece que nós não tricotamos da mesma forma.
Depois de muitas voltas consegui acertar com a cantilena e não podia ser mais simples. Quem quiser aprender é só seguir o video (o link está aqui), as voltas são sempre iguais e devem montar-se malhas em múltiplos de 3 e acrescentar (ou não) malhas para orla.
Qualquer dúvida, é só perguntarem.

ADENDA:

Para este cachecol montei 32 malhas (30 para o padrão e 2 para cada lado da ourela).

Começa assim: passar 1 malha (a da ourela) em liga sem tricotar (como se fossemos fazer a malha em liga), *passar 1 malha em liga sem tricotar, fazer 1 laçada, tricotar 2 malhas juntas em meia*, repetir * * até 1 malha do final (a da ourela) que vamos tricotar em meia. Carreira seguinte é exactamente igual.